Adoção – Entrega voluntária de recém-nascidos para adoção é prevista em lei

Entregar um bebê de forma voluntária para adoção, não é crime. A medida é amparada pela lei e se for escolhida de maneira acolhedora e orientada, pode ajudar a combater o abandono infantil, além de promover uma adoção mais rápida. O tema ganhou destaque nas redes sociais na última semana. No centro, o relato triste da atriz Klara Castanho, de 21 anos, depois de ter o caso indevidamente revelado pela imprensa.

Jornal da Tarde – TV Cultura | 28/06/2022

Deixe um comentário

logo_verabzimmermann_footer

Dra. Vera Blondina Zimmermann
Dra. em Psicologia Clínica - PUC-SP, Professora afiliada do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo, Coordenadora do Núcleo Bebês com Sinais de Risco em Saúde Mental no mesmo departamento. Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto SEDES SAPIENTIAE onde coordena o curso Clínica Interdisciplinar da Primeira infância.

ArtyWeb Designer© {2020}. Todos os direitos reservados.